Biniarroca Boutique Hotel & Restaurant


O Hotel

Poder-se-ia pensar que em Menorca ficaram muitas coisas boas do período britânico, século XVIII, na paisagem – liberal do este, feudal do este –, na arquitectura – as janelas de guilhotina nas casas típicas, os llocs,- na cultura do  cavalo – a magnífica raça menorquina, mistura de árabe e inglês– e numa certa estética dos espaços.
Biniarroca aparece como um dos legados desta espantosa mistura de estilos mediterrânico e britânico, um recanto escondido no campo de Sant Lluís que pela mão das artistas Lindsay Mullen e Sheelagh Ratliff faz a fusão dos espaços do passado – o jardim romântico, a própria casa e mais de metade das decorações – e dos espaços contemporâneos – a sala de exposições, a discreta boutique, correctamente equipada – e ambos pontuados por detalhes que diríamos british, românticos, cool e até ad lib.
Tal como a apresentação das mesas do restaurante, existem recantos do hotel decorados com particular graça ou a magnífica piscina, na qual quatro vestais em pedra rematam as quatro esquinas. Certamente em qualquer outro lugar ficariam mal, mas em Biniarroca, com o verdete da sua avançada idade sobressaindo, ficam perfeitas, envoltas por buganvílias e trepadeiras velhas, no meio de um chão de pedra de marés que domina todo o ambiente.
Trata-se de uma piscina para o deleite pessoal e privacidade, as espreguiçadeiras parecem escondidas debaixo das pérgolas. Nós também quase nos escondemos do mundo neste feudo – que me perdoem os britânicos do século XVIII– da calma e da arte de viver – que me perdoem os britânicos de hoje.


Acessibilidade

Quase todo o recinto é acessível a cadeira de rodas. Quarto com casa de banho adaptada. Casa de banho adaptada entre a piscina e o restaurante. Acesso aos quartos do piso térreo e ao restaurante sem barreiras arquitectónicas. Sinalização em Braille e em relevo nas portas dos quartos e dos lavabos comuns.


O que fazer?

 Atividades

Estamos a um passo de Mahón –Maó– e da sua densa história. Não deixe de visitar a Fortaleza de La Mola, o Forte Malborough, a Ilha del Rey – ambos de influência britânica – e o Lazareto, a ilha na qual os suspeitos de diversas doenças, e especialmente de lepra, ficavam de quarentena. O edifício possui elementos únicos, como a capela onde o padre rezava missa a partir de uma grande urna envidraçada. As praias a oriente que não se devem esquecer são as de Cala Tortuga, no Cabo de Favàritx (20 minutos a pé) ou qualquer uma da costa nordeste, entre o boqueirão do porto de Mahón e Sant Adeodat. Um enclave espectacular é a Cova d´en Xoroi. Durante o dia, um bar encastrado nas grutas de uma encosta. De noite, uma discoteca com admiradores em metade do mundo.

 Lugares para Visitar

Zona histórica e porto de Mahón. Binibeca Vell (recriação da vila de pescadores com casas brancas na costa). Corridas de cavalos no Hipódromo de Mahón. Igreja de Santa María, com um dos melhores órgãos de tubos de Espanha. Monumentos megalíticos (Trepucó, Talatí de Dalt e otrod destacados).
 

 Livros

Aeroguía del litoral de Menorca (Aeroguia do litoral de Menorca). Editorial Planeta. Cerca de 25€.
Menorca Guía Total (Guia Completo de Menorca). Editorial Anaya Touring. Cerca de 20€. Com 3 itinerários de máximo interesse pela ilha.
 


Gastronomia

 Cozinha

A mesa de Biniarroca é como toda a Biniarroca, uma sábia combinação do passado com o presente, fresca cozinha de autor, receituário de Menorca e criatividade da Casa. Preço médio da refeição 45€.

 Os Produtos Típicos

Ensaimadas (roscas doces de massa folhada) de Mallorca e de Menorca, sobrasada (tipo de enchido) local, licores de ervas da destilaria Xoriguer.

 


Instruções 


Galeria